Com 15 milhões de visualizações, álbuns infantis do cantor Micha Gamerman preenchem lacuna de músicas sobre festividades judaicas

0

Educar por meio da música e da arte sempre foi a proposta do também rabino e educador

Antes de se tornar cantor, o judeu e rabino Micha Gamerman já atuava como educador repassando ensinamentos de sua cultura para as crianças da comunidade judaica de todo o Brasil. E foi dentro desse contexto que ele começou a identificar uma lacuna, segundo ele muito grande, de músicas que tratassem sobre as festividades do povo judeu.

Após se consagrar como cantor de grandes festas e lançar álbuns para o público adulto, Micha decidiu ingressar no universo infantil, sendo o primeiro judeu a fazer músicas e desenhos animados para as crianças com a qualidade que ele empregou nos álbuns Moadei Israel e Shabat Oneg.

“Como educador, sempre acreditei que a música é um canal maravilhoso para atingir as crianças. Vi que as músicas sobre as festividades judaicas estavam espalhadas pela Internet, pelas mídias digitais. Então minha ideia era reorganizar essas canções em arranjos mais novos, porque são músicas muito antigas, são folclores judaicos”, explicou o cantor.

A proposta de Micha era trazer uma nova perspectiva para crianças que gostam de um som mais moderno. “Fiz isso em formato de medleys e mais tarde veio a ideia de fazer os medleys animados, porque eu acredito muito que, com um som bom e uma imagem boa, a gente acaba introduzindo esse conteúdo com mais qualidade na vida das crianças”, detalhou.

O judeu acrescenta que todos os seus vídeos trazem elementos das festas judaicas, sendo músicas cantadas na mesa do Shabat, por exemplo, que é Sábado Judaico, nome dado ao dia de descanso semanal no judaísmo, simbolizando o sétimo dia em Gênesis, após os seis dias da Criação.

“O Shabat animado são vídeos que conquistaram o mundo todo, que fazem sucesso não apenas no Brasil, mas também nos Estados Unidos e Israel. Sou consagrado por isso. Os vídeos por si só provam o quanto premiados eles são por terem mais de 5 milhões de visualizações cada um”, finalizou.

Imprensa concedida por: Roberta Nuñez – RN Assessoria Imprensa