Busca por dicas de autocuidado e nova forma de se maquiar cresce 175% na pandemia

0

Pesquisas apontam que, mesmo durante a pandemia, a procura por procedimentos estéticos e produtos de beleza cresceu consideravelmente. O fato da população passar mais tempo em casa e na frente das telas, em lives, ou até mesmo nas redes sociais, contribuiu para que o rosto estivesse mais exposto. Com isso, as pessoas passaram a observar em si mais características que incomodam.

Um dos maquiadores mais famosos e renomados do país, Agustin Fernandez trata o disparo das buscas como uma surpresa para o mercado da maquiagem. ”Esse crescimento foi uma surpresa para mim e acredito que para muitos empresários do ramo da beleza. Tivemos um aumento de quase 400% na venda de produtos para skin care e cuidados com o corpo. O que mudou foram os produtos mais procurados, antes era maquiagem, mias hoje em dia são produtos como hidratante facial, vitamina C, ácido hialurônico e afins”, revela o empresário

Agustin também dá cursos de maquiagem, o que também registrou aumento na demanda, mas com algumas adaptações necessárias ao ‘novo normal’. ”Foi necessário mudar a abordagem, mas o resultado foi muito positivo. A maquiagem no vídeo não é igual a presencial, por isso, tivemos que mudar algumas técnicas, o que acabou gerando o interesse das pessoas por valorizar a maquiagem que aparece no vídeo. Muita gente começou a investir em iluminação e produtos que realçam na câmera. Sendo assim, entendi que agora temos mais uma vertente no mundo da make e os cursos são sucesso de vendas”, finaliza.

Crédito: Trumpas